quinta-feira, 9 de abril de 2015

500 anos de Santa Madre Teresa de Jesus, 28/03/2015




 Homenagem à Nossa querida e amada, Santa Madre Teresa de Jesus!!!


 Às 07:30h começamos o dia com a Santa Missa na Capela do Carmelo Santa Teresinha, presidida pelo Mons.João Jorge e co-celebrada pelos padres, Hugo, Leonardo, Oliveira, Lauro e Douglas.
 Procissão de entrada.


1ª Leitura: João Paulo
Salmo: Ir. Maria Amada
2ª Leitura: Ir. Maria da Paz
Proclamação do Evangelho: Pe. Lauro

Por Cristo, com Cristo e em Cristo!


Palavra de Luciano Dídimo
 Após o café da manhã, aconteceu um teatro, representando as diversas fases de Santa Teresa, desde a infância até a velhice.
Cantamos muitas músicas em homenagem à Santa Madre.

Maria Clara representando Santa Madre criança e Lucas representando seu irmão Rodrigo.
Apresentando o Livro da Vida.
Amanda representando Santa Madre já adulta, apresentando o livro Caminho de Perfeição.
As monjas do Carmelo Santa Teresinha assistindo o teatro.
Sebastiana representando Santa Madre mais madura, nos apresenta o livro, Fundações.
Danielle, representando Santa Madre no final de sua vida, nos apresenta o livro Castelo Interior.
Momento da Transverberação, quando o Anjo a atingiu com uma flecha. "Meu Amado é para mim, e eu sou para o meu Amado."
 
 Palavra do nosso presidente provincial, Luciano Dídimo.
 Palavra da Ir. Maria da Paz.
 Parabéns à Santa Teresa e aniversariantes do trimestre.

 Almoço.

"Santa Teresa de Jesus, nos ensine hoje com sua fortaleza e sabedoria, a olhar esta luz que não tem ocaso, Nosso Amado Jesus." (Homilia de Mons. João Jorge).

quarta-feira, 25 de março de 2015

Viva Nossa Santa Madre Teresa de Jesus!!!!

D. Alonso Sánchez de Cepedaescreveu: "Aos vinte e oito dias do mês de março do ano de mil quinhentos e quinze, uma quarta-feira, nasceu Teresa, minha filha, às cinco horas da manhã, meia hora mais, meia hora menos, aos primeiros alvores do dia.".

O Ângelus da aurora começou a soar na igreja de São Domingos; depois, repicaram todos os sinos de Ávila: os de São João, São Pedro, Santo Isidoro e São Cebrião, São Nicolau, São Tiago, São Romão.

A 4 de abril, o padrinho e a madrinha da pequena Teresa pediam em seu nome, na igreja paroquial de São João, "a fé e a vida eterna". Naquele mesmo dia, inaugurava-se o mosteiro da Encarnação, convento de carmelitas da Regra mitigada: abriam-se já as portas da casa de Deus em que aquele que a batizava "em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo" a convidava a entrar.

A menina recebeu o nome de Teresa, em memória, sem dúvida, de duas das avós: a bisavó paterna, Teresa Sanchez, e a avó materna, Teresa de las Cuevas. (Marcelle Auclair)

REUNIÃO EM 21/03/2015

 Nossa tarde de formação e fraternidade, aconteceu às 14:30h, na Ermida de São José, Carmelo Santa Teresinha. Rezamos ao Espírito Santo, entregando nossa tarde ao Nosso Bom Deus. A Mônica, nos avisou sobre os eventos de comemoração de 500 anos de Nossa Santa Madre Teresa de Jesus, pedindo a participação de todos.

 Em seguida, Giovani continua com a formação paralela sobre o pecado.

 Neila, Jacyra e Renato
 Susy e Anamaria
 Irene, Milena, Jack e Mariza
 Rosi e Alcindo
 Claudinha e Jack
 Neila, nos explica sobre o TEMA IV:"O MÉTODO DE ORAÇÃO CARMELITANA".livro Admissão, pág. 67 à 76.
 
Concluímos nosso encontro com a Oração da Salve Regina.

Celebrações do V Centenário de Santa Teresa no Carmelo de Fortaleza


domingo, 8 de março de 2015

REUNIÃO EM 07/03/2015

 Nosso encontro fraterno e formativo iniciou às 14:30h na Ermida de São José, Carmelo Santa Teresinha. Rezamos a Oração de São José pedindo sua intercessão.
 Mônica, na formação paralela, nos explica sobre "A Tentação e o pecado." 
 Avisos: lembrando a todos o Fórum STJ em Aparecida-SP, de 4 a 7 de Setembro de 2015.
 Partilhando nossos dons
 Nadja e João Paulo
 Regina Celiy, Samara e Francinélia
 Sebastiana, Ana Catarina e Danielle
 Fátima e Valdete
 Nilce e Livramento
 Acolhemos com alegria a presença de Frei Deneval em nossa reunião. Ele nos falou sobre a Regra do Carmo, enriquecendo nossa formação. Deus lhe pague, Frei Deneval.

 Frei Deneval, Mônica e Regina
 Na formação principal, em continuidade à reunião anterior, Artur nos explica sobre O MÉTODO DE LEITURA DOS ESCRITOS DE SANTA TERESINHA, de acordo com o Livro Formação da OCDS, pág 54 à 61.

 Finalizamos nossa tarde com a Salve Regina.
"Só vou fazer uma coisa: começar a cantar o que devo repetir eternamente: As misericórdias do Senhor!"(MA, 1)